ADELE

Sucesso inquestinável no Brasil, os álbuns “21” e “25” receberam certificados nessa semana no país. O segundo álbum de estúdio de Adele, o “21” foi certificado como diamante triplo, já o “25” como diamante.

ADELE – 21
Sony Music
Lançamento: 2011
480 mil cópias

 

ADELE – 25
Sony Music
Lançamento: 2015
160 mil cópias

Essa foi a última atualização dos álbuns desde 2016 pela gravadora da cantora, Sony Music.

Prestes a anunciar shows no Brasil, Adele recebeu ontem (26/10), os executivos da Sony Music do Brasil e do México no backstage de seu show em Miami.

O quadro representando o território Brasileiro foi entregue pelo Presidente da Sony Music Brasil, Paulo Junqueiro, por suas vendas superiores a 2 milhões de discos de seus álbuns lançados no país: “19” (3x Platina, 120 mil cópias), “21” (2x Diamante, 320 mil cópias) e “25” (3x Platina, 120 mil cópias).

Todos eles foram certificados multiplatina, Adele vendeu mais 1,310 milhões de cópias físicas e mais 690 mil cópias digitais no país, enquanto o DVD “Live At Royal Albert Hall” fez história ao se tornar o 1º DVD Internacional nos registros da ABPD (Pro Música) a ganhar a certificação de 6x Diamante (+ 750 mil cópias)!

As informações foram fornecidas pela Sony Music Brasil ao Portal Adele Brasil.

A apresentação consagradora de Adele na semana passada encerrando a segunda noite no palco principal do festival de Glastonbury está refletida na parada de álbuns do Reino Unido desta semana.

>>> Adele no Glastonbury: Assista e faça download do show completo!

Além do retorno de “25” ao primeiro lugar – subindo 13 posições – os outros dois discos de estúdio da cantora também voltaram ao top 40. “21” ficou no décimo posto (subindo 47 posições) e “19” (subindo incríveis 163 posições) em 12°. Outro fator que ajudou no desempenho foi a chegada de “25”, sete meses depois de seu lançamento, nos serviços de streaming musical.]

Via: Vagalume.

Como o previsto, Adele manteve-se no topo da Billboard 200 com 825 mil álbuns comercializados – destes, 790 mil são comprados e o resto streaming unicamente do single Hello – e com apenas quatro semanas ultrapassou 1989, de Taylor Swift (5.57 milhões) e agora já soma um total de 5.98 milhões de cópias vendidas, se tornando o álbum mais vendido nos Estados Unidos desde o próprio ’21’.

Mundialmente, o registro já se aproxima de 11 milhões de álbuns vendidos. Curiosamente, 21 também anda se saindo bem nas paradas, nesta semana o álbum subiu de #14 para #10 na Billboard com 49,000 unidades vendidas, enquanto 19 (2008), álbum de estreia, cresceu em 29% e avançou de #48 para #36 (21,000 unidades).

Já no Reino Unido, Adele é artista a vender mais rapidamente 2 milhões de cópias de discos. A conquista do “25” acontece quase exatamente um mês após sua estreia. A título de comparação, a Official Charts lembra que o “21” só consequiu a mesma marca com 13 semanas de lançado.

01) “25” – Adele (-)
02) “If I Can Dream” – Elvis Presley (3-2)
03) “A Head Full Of Dreams” – Coldplay (2-3)
04) “Purpose” – Justin Bieber (-)
05) “I Cry When I Laugh” – Jess Glynne (-)
06) “Get Weird” – Little Mix (-)
07) “Alone In The Universe” – Jeff Lynne’s Elo (-)
08) “Made In The A.M.” – One Direction (9-8)
09) “Another Country” – Rod Stewart (8-9)
10) “Dark Sky Island” – Enya (-)

“Hello” da Adele já se igualou a “Rolling in the Deep” na Billboard Hot 100. Primeiro single do álbum “25”, se mantém no topo da parada americana pela sétima semana. O esperado é que Adele continue no 1º lugar por mais uma semana. “Hello” ainda é líder de streamings e de execuções nas rádios nos Estados Unidos. Além disso, foi a segunda música mais baixada da última semana, ultrapassando a marca de 3,1 milhões de downloads no país.

Top 5 dos singles mais baixados da semana nos EUA:
01) “Hello” – Adele (-)
02) “Sorry” – Justin Bieber (-)
03) “Hotline Bling” – Drake (-)
04) “What Do YOu Mean?” – Justin Bieber (-)
05) “Love Yourself” – Justin Bieber (7-5)

Adele também conquistou seu primeiro nº #1 na parada Dance Club Songs com “Hello” graças a ajuda de diversos remixes lançados nas últimas semanas. Esta é a primeira vez que Adele chegou ao topo da Dance Club Songs, mas “Hello” não é a única música da Adele a conquistar o Top 10 da parada de música eletrônica. Em janeiro de 2013, a faixa-tema do filme de James Bond “Skyfall” chegou ao 10º lugar do ranking.

Já com relação à venda de álbuns nos EUA, Adele superou as expectativas. As previsões apontavam 650 mil cópias, e ela vendeu mais 695 mil unidades. Só quem conseguiu vender mais de 650 mil cópias em cada uma das três primeiras semanas no mercado americano foram os Beatles (com “1”) e os Backstreet Boys (com “Black & Blue”), ambos em 2001.

Somando as novas 695 mil cópias, “25” ultrapassa 5,19 milhões de unidades vendidas no total nos Estados Unidos, em menos de um mês. O número já se aproxima de “21”, que vendeu 5,85 mil cópias nos Estados Unidos no ano de lançamento (2011). A expectativa é que “25” supere isso em breve, em muito menos tempo.

Top 5 dos álbuns mais baixados da semana nos EUA:
01) “25” – Adele (-)
02) “A Head Full of Dreams” – Coldplay (lançamento)
03) “Purpose” – Justin Bieber (2-3)
04) “That’s Christmas To Me” – Pentatonix (3-4)
05) “When It’s Dark Out” – G-Eazy (lançamento)

Em antecipação ao lançamento do terceiro álbum de Adele, na próxima semana, dia 20, a Rolling Stone publicou em seu site uma lista com as 10 melhores músicas da cantora selecionadas pelos leitores da revista.

O site ainda ressalta que, depois da pausa na carreira para dar atenção a sua família, Adele relembrou ao mundo a sua capacidade de dominar as paradas musicais ao redor do globo, com o sucesso de “Hello”, primeiro single do “25”.

Queremos saber de vocês. Quais são as suas 10 músicas prediletas de Adele até hoje? Confira o rank escolhido pelos leitores e diga se concorda:

10º Make You Feel My Love: O cover do cantor britânico Bob Dylan, que apareceu em sua estreia com o “19”, é tão ressonante e lindo que é fácil esquecer que não é originalmente cantado por Adele. A cantora então adolescente reinventou o corte profundo de Dylan sem esforço, mesmo que tenha sido reinventado repetidamente por todos, de Billy Joel – que lançou como single antes de Dylan – ao cantor country Garth Brooks.

9º Hometown Glory: não foi somente o single de estreia de Adele, mas é também a primeira música que ela já escreveu. Enquanto se tornava mais conhecida por suas canções da lamentação pelo amor perdido, a música é um tipo diferente de carta de amor, desta vez para seu bairro, em Londres. Ela canta melancolicamente sobre o verão na cidade e as pessoas que encontrou e milagrosamente faz isso com um equilíbrio perfeito da sabedoria e da juventude.

8º Hello: Adele voltou em grande estilo este ano com “Hello”. O single recordou a todos o quanto sua voz e letras podem expressar. A prévia da música durante a versão britânica do The X-Factor, apenas uma semana antes de seu lançamento oficial, foi recebida com entusiasmo sem precedentes, e o single em si entregue, marcando um retorno à forma “infeliz no amor” da cantora, embora Adele prometendo que o “25” não será outro álbum sobre términos.

7º One and Only: “Someone Like You” recebe mais atenção como a maior balada de Adele, mas “One and Only” é uma boa candidata para maior destruidora de corações do “21”. Sua voz e letras estão cheias de amor e desespero, com ela implorando para ser o único interesse romântico de um amante em potencial. É uma das cinco faixas produzidas por Rick Rubin para o álbum.

6º Rumor Has It: A insolente “Rumour Has It” é um dos lançamentos mais parecidos com jazz da cantora, e proporcionou uma mudança de ritmo a seguir dos singles mais tristes de seu segundo álbum. Na verdade, seu som transformou Adele de menina para mulher. Enquanto a música não foi tão bem sucedida como as outras faixas do “21”, serviu como base para um excelente mash-up na série Glee, juntamente com o segundo single, do álbum “Someone Like You”.

5º Skyfall: Adele ganhou um Oscar em 2012 por sua épica contribuição cinematográfica para a forte lista de músicas da franquia Bond. A música sombria e temperamental varreu as temporadas de premiações, não somente recebendo o Oscar, como também o Grammy, Brit Awards e Globo de Ouro, tornando-se um hit instantâneo, perfeitamente adequado para acompanhar o sucesso de “21”.

4º Chasing Pavements: O segundo single do álbum de estreia de Adele, “19”, não é tão visceralmente emocional como as músicas de término do “21”, mas ainda deu um vislumbre fantástico e cedo às capacidades da jovem cantora. Durante sua primeira entrevista para a Rolling Stone, em 2009, Adele admitiu que a canção foi inspirada por um rancoroso término com um ex, que resultou com ela colocando-o a socos para fora de um bar. Mesmo que a música tenha sido proibida em muitas estações de rádio, porque suas letras foram interpretadas no sentido de “perseguir gays”, o single ainda se tornou um hit Top 40 e foi indicado para três Grammy’s.

3º Set Fire To The Rain: A balada que ruge “Set Fire to the Rain” deu a Adele seu terceiro #1 consecutivo. No sólido single, a voz de Adele sobe como uma chama de fogo de artifício, embora a ideia de “atear fogo à chuva” possa parecer um pouco laboriosa. Durante um show ao vivo, no entanto, a cantora esclareceu o significado do título, dizendo que ela ganhou inspiração depois que um isqueiro parou de funcionar na chuva.

2º Someone Like You: A balada emocional de cortar o coração defini o tom para o legado musical de Adele. Sua entrega aflita, combinada com a linha de piano simples e letras mordazes, foram feitas para ser uma das mais universalmente “arranca-lágrimas” do novo milênio. Em 2012, ela ganhou o prêmio da nova categoria de Melhor Performance Pop Solo no Grammy Awards, e a reação emocional da música tem puxado para fora do público, como se vê melhor em um quadro do Saturday Night Live, parodiando a música, com ouvintes explodindo em lágrimas assim que a música começa a tocar.

1º Rolling In The Dep: “Someone Like You” pode ter estabelecido Adele como uma das maiores vozes de sua geração, mas “Rolling in the Deep” fez dela uma hit-maker em todo o mundo. A poderosa canção de término começou a era “21” da cantora em uma nota forte e deu aos inconsoláveis corações partidos, o grito de guerra: “Nós poderíamos ter tido tudo”, como ela canta no refrão com entusiasmo. A faixa foi o sucesso mundial de #1, e em 2011, foi proclamada o maior sucesso de crossover dos últimos 25 anos, depois de passear no rock, pop/adulto, R&B/hip-hop, dance, charts latinos e nos Estados Unidos. Adele é a única artista da história a aparecer em todos os charts com apenas uma única música.

 

A Billboard liberou a lista dos 200 álbuns que mais se consagraram no mundo mundo da música, baseado no ranking estabelecido pela empresa que tem vigência desde 1958. O segundo álbum de Adele, ’21’, lançado em 2011, fez história na parada mais importante dos Estados Unidos e se consagrou como o melhor álbum de todos os tempos, desbancando até mesmo o icônico “Thriller“, de Michael Jackson.

Para o método utilizado na formação do ranking de “Maiores de Todos os Tempos”, a Billboard utilizou um sistema baseado na atuação de cada artista, música ou álbum, em relação semanal do Hot 100 (entre 04 de Agosto de 1958 e 10 de outubro de 2015). Assim sendo, a empresa se baseou num princípio de inversão de pontos, em que as semanas em #1 valem mais do que as semanas em posições inferiores.

É uma questão de números, em que alguns aspectos externos – como relevância, qualidade e impacto do artista, álbum ou música – não foram levados em conta, apenas os números e posições no chart.

bb20021

Vale ressaltar que devido as mudanças de metodologia nas paradas durante os anos, visto que em cada período histórico da música havia uma importância artística, foi dado um peso diferente nos charts, variando a época. Com isso, cada artista está listado de acordo com a combinação de pontos totais, em todas as suas aparições no Hot 100 e Billboard 200.

Confira a lista completa aqui.

Como esperado, o single novo da Adele, “Hello”, estreou direto em 1º lugar na parada britânica. A música combinou 259 mil downloads e 7,32 milhões de streamings no Reino Unido, firmando-se como o lançamento mais bem sucedido dos últimos três anos, desde James Arthur com “Impossible” (2012).

O número de streamings é um recorde britânico. Adele superou, com quase o dobro, o recordista anterior, que era Justin Bieber. “What Do You Mean?” havia registrado 3,87 milhões de streamings na primeira semana. Adele elevou o recorde para 7,32 milhões – e agora vai ser mais difícil para qualquer outra pessoa superar isso aí. Além disso, a cantora também barrou “Sorry”, o single novo do Justin.

01) “Hello” – Adele (lançamento)
02) “Sorry” – Justin Bieber (lançamento)
03) “Hotline Bling” – Drake (4-3)
04) “Writing’s On the Wall” – Sam Smith (11-4)
05) “The Hills” – The Weeknd (3-5)
06) “Turn the Music Louder (Rumble)” – KDA feat. Tinie Tempah & Katy B (1-6)
07) “What Do You Mean?” – Justin Bieber (5-7)
08) “Runnin’ (Lose It All)” – Naughty Boy, Beyoncé & A. Benjamin (6-8)
09) “Perfect” – One Direction (2-9)
10) “Wasn’t Expecting That” – Jamie Lawson (7-10)

Quando Adele anunciou o lançamento do álbum novo, “25”, houve uma descoberta do “21” por parte do público. Aumentaram as vendas e os streamings novamente, no maior estilo “que ano é hoje?”. Com isso, o aclamado disco, que é o mais vendido do milênio no Reino Unido, pulou 49 degraus na parada britânica, saindo do 60º para o 11º lugar. Quase entrou no Top 10!

Informações: POPline.

Em uma nova atualização da Billboard, “21” subiu 20 posições no Top 200, e ficou na 104ª colocação na lista que mostra os álbuns mais baixados dos EUA.

E pela terceira vez, o álbum ultrapassou o aclamado “Thriller” nos charts. Na primeira vez, ’21’ (80 semanas) superou a marca de Michael Jackson (Thriller – 79 semanas) com mais tempo no Top 10 da Billboard, já o segundo efeito foi em 2012, no Reino Unido, quando o segundo álbum de estúdio de cantora ultrapassou a marca de 4.274.300 cópias, 500 a mais que o número atingido pelo álbum lançado por Jackson em 1982.

thriller21

Agora, “21” se encontra no chart a 242 semanas, uma semana a mais que “Thriller” (241). Você pode conferir aqui.

A RIAA divulgou nesta quarta-feira, 01, a lista atualizada dos artistas mais certificados por seus singles nos Estados Unidos.

Enquanto Rihanna se tornou a primeira artista com 100 milhões de singles comercializados (contabilizando streaming), Adele aparece em 16º lugar com 22 milhões na soma dos seus certificados.

Veja:

riaa100

  • ROLLING IN THE DEEP 8.00X MULTI PLATINUM (+8,3 MILHÕES)
    SOMEONE LIKE YOU 5.00X MULTI PLATINUM (+5,6 Milhões)
    SET FIRE TO THE RAIN 3.00X MULTI PLATINUM (+4,5 Milhões)
    RUMOUR HAS IT PLATINUM (+2 Milhões)
    CHASING PAVEMENTS PLATINUM (+1,5 Milhões)
    SKYFALL GOLD (+2,1 Milhões)
    MAKE YOU FEEL MY LOVE GOLD (+1,1 Milhões)
error: Este conteúdo pertence ao Portal Adele Brasil. Cópias são proibidas.