Adele: “Se vir meu pai, vou cuspir na cara dele”‎

Adele prometeu nunca mais falar com seu pai. A ganhadora do Grammy disse à revista Vogue americana que a entrevista que seu pai, Mark Evans, deu a um tabloide em 2011 acabou com qualquer possibilidade de reconciliação entre os dois.

“Eu estava pronta para começar a me relacionar com ele. Ele acabou com tudo. Nunca mais tentarei falar com ele”, afirmou a cantora.

“Não há nada que me possa magoar mais do que saber que meu pai recebeu dinheiro da imprensa. Deixe que eles [as pessoas] atirem, mas não lhes dê munição. Isso me irrita! Depois de dez anos, dizer ‘Talvez o problema dela com os homens se deva a mim’. Qual é? Como se atreve a comentar a minha vida? Isso faz meu sangue ferver. Há consequências, para além do dinheiro recebido que deve durar meio ano. Isso acaba comigo. ‘Eu a amo tanto’. É mesmo? Por que está me dizendo isso por meio de um jornal? Se eu o vir, vou cuspir na cara dele”, revelou a estrela.

Por causa do alcoolismo, Evans deixou Adele quando ela tinha três anos de idade.

Via: Vagalume